20 de Março 2016 – Sol em Áries/Ano Novo

ano novo astral

20 DE MARÇO É O DIA DO ANO NOVO ASTROLÓGICO.

– Tomando consciência dos ciclos da natureza, favorecemos a harmonia interior.

O Calendário Gregoriano inclui o ano bissexto, cujo objetivo é fazer acertos junto a defasagem natural de tempo que o planeta Terra leva para dar uma volta em torno do Sol, chamado “movimento de translação”. Isto significa que durante 4 anos até que se chegue o momento do reajuste, a cabeça vai ficando grogue, desajustando tudo abaixo dela. Isto provável justifique as bobagens humanas, pois, num tempo de vida-homem estimado em 80 anos (padrão Europeu), significa que 20 vezes o reajuste ocorre, contra 60 em que a cabeça cambaleia.
Para a sincronização, microcosmo, com os acontecimentos celestiais, macrocosmo, teremos mais uma maravilhosa oportunidade natural que ocorre todos os anos, sem breaks ou ajustes. O momento harmônico da Terra, quando cada metade do planeta recebe tempo igual de luz e calor, chama-se EQUINÓCIO. Quando ocorre, inicia uma nova estação com o Sol nos apontando para a constelação de Áries e dando início ao ANO NOVO ASTROLÓGICO. Lá vamos nós em mais uma voltinha em torno do Astro-Rei! No entanto, Áries para nosso hemisfério traz o outono, precursor do inverno. Estão por vir tempos de recolhimento. Então, como lidar com a forte energia que ressurge parecida com aquela que foi usada para nos lançar ao mundo?
Pense numa criança cativante e levada, feito chama de isqueiro que ascende num clic. Dia 20 de março deste ano, logo na primeira hora da madrugada, o guri sorri para nós. O impulso sob a influência de Áries passa a ser forte no inconsciente coletivo e deverá agir sobre a satisfação de desejos. Partindo para o combate, quase nunca se considera a frustração como opção, algo bem provável que ocorra, frente a sempre alta dose de expectativa que desejos promovem. A vida é tomada por um espírito de valentia e pretensão. Sem dúvida, existe grande apelo emocional que faz acompanhar este momento e que costuma desabastecer a razão. “Para o melhor e o pior, a inteligência não dá em nada, quando as emoções dominam”, escreve Daniel Goleman em seu livro “Inteligência Emocional”, o que nos ajuda a melhor entender em que consiste o ambiente que Áries representa. Estará na boa comunicação entre a razão e a emoção, que o poço-sem-fundo de nome “desejo” não se tornará destrutivo frente a evolução e a expansão que Áries, como primeiro signo do zodíaco, nos oferece. Respirando profundamente é possível direcionar melhor a energia ariana, reduzindo o leque das opções desejosas, a partir da reflexão que permite a ação junto ao que seja essencial. Só o que é essencial oferecerá uma real satisfação. Analise, assim, quanto tempo dura seu grau de satisfação nas conquistas. Isto irá mensurar a profundidade do poço e o tempo que se gasta em sua manutenção, mostrando como deverá ocorrer o acolhimento da estação de inverno.

O momento “vesícula” do ano, órgão regido pelo signo de Áries (contenção da agressividade), é fundamental. Não haveria vida sem Áries, não há movimento sem desejo. Por tão bem combinar com a própria vida, os desejos a metaboliza, consumindo-a em demasia ou não, e mostrando como está nossa vitalidade e estado psíquico que oscila entre agitação e tranquilidade.  Por isto mesmo, o início do ano novo astrológico acontece justamente sob a atmosfera Equinocial (igual), sugerindo que o “Eu Sou” ariano venha a agir pela consideração do outro e pelo outro, dividindo, somando e, assim, podendo cada um de nós ir mais longe.

EQUINÓCIO = IGUAL = EQUILÍBRIO.
cerebro_direito_esquerdo
No corpo, o coração. Bija-Mantra: Om Yam Om
536310_551169841573193_1448147245_n
Sol em Áries = Impulso e desejo.
No corpo, o pâncreas e vesícula. Bija-Mantra: Om Ram Om
734634_551169741573203_1575325961_n
FELIZ ANO NOVO

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *